Piso contínuo: qual escolher?

Não pensem que usar um só piso, do quarto à cozinha significa se limitar ao tradicional piso cerâmico 60x60 cm. Fizemos um post sobre as novidades da feira Revestir e dá para ter uma noção da quantidade de produtos que temos a nossa disposição. De quem não abre mão da aparência da madeira até quem quer um ar mais moderno como o cimento queimado, as opções são infinitas e por isso vamos falar um pouco mais delas para vocês.

  • Madeira

Para ser usada até em áreas como a cozinha, o piso precisa possuir maior resistência à água, por isso são necessários alguns cuidados. Alguns pisos de madeira laminada possuem tratamento que permitem estar em áreas úmidas como a cozinha, mas há cada vez mais opções alternativas, como as cerâmicas e porcelanatos, que com a ajuda da tecnologia além de possuírem aparência muito semelhante à de diversos tipos de madeira, possuem vincos e texturas que ajudam a parecer mais com a original. Esses produtos estão disponíveis desde o formato quadrado tradicional até em réguas como a própria madeira. Os preços também são bem variáveis e em geral, quanto mais semelhante em cor, textura e acabamento, mais cara.


Os revestimentos cimentícios também são alternativas. Conseguem ser moldados com a cor e textura da madeira, porém possuem como desvantagem serem muito pesados e precisarem de uma resina passada regularmente para resistir à água quente.


Já os vinílicos possuem uma aparência bem próxima a madeira e tem como vantagem a rápida instalação, o fato de serem um ótimo isolante acústico e térmico e a fácil limpeza.

  • Cimento queimado/concreto

Eles não são novidade na arquitetura já que foram amplamente usados durante o Modernismo, mas nas áreas internas residenciais têm sido usados com cada vez mais frequência. Seja pela sua praticidade, versatilidade de poder estar em praticamente todos os ambientes ou por harmonizar muito bem com elementos como a madeira.

No caso do cimento queimado, ele pode ser feito na obra e receber o tratamento adequado para possuir aquela aparência brilhante ou usar uma massa disponível no mercado já pronta. Mas é sempre aconselhável a contratação de profissionais especializados, afim de evitar trincas ou outros danos possíveis.

Ainda há pisos de cerâmica e porcelanato com aparência de concreto e cimento queimado e que são muito bonitos! Vale a pena pesquisar.

  • Cerâmica/porcelanato


No começo do texto dissemos que o piso não precisava estar limitado a tradicional cerâmica 60x60, mas isso não significa que esse tipo de piso seja ruim! Mesmo porque indicamos tanto no concreto como na madeira alternativas desse material.

As vantagens da cerâmica e do porcelanato são muitas e sem dúvida é o material com mais opções de cores, texturas, formatos, tamanhos e preços. Hoje é possível encontrar cerâmicas com aparência de aço corten, de pedras, de ladrilhos hidráulicos e muitos outros, disponíveis no formato quadrado (60x60cm, 1x1m, ...), retangular, hexagonal. Enfim, as opções são muitas e a ideia é pensar um pouco fora do tradicional. Vá em busca daquele que mais combina com você, mas uma dica, tenha bastante tempo porque as opções vão te fazer ficar em dúvida!


Espero ter ajudado um pouco vocês na escolha dos revestimentos. Mas lembrem-se sempre, se você quer uma cerâmica tradicional, um cimento queimado ou um porcelanato cheio de bolinhas roxas, a escolha tem que SEMPRE ter a ver com você!

Até breve!

#cozinha #revestimento #pisos #dicas #arquiteturadeinteriores

Posts Relacionados

Ver tudo

Revestir

Posts Em Destaque